É fato! Onde temos pais unidos, de forma coesa e inteligente, temos politicas públicas de qualidade para as pessoas com TEA. O exemplo de Berenice Piana, mãe ativista que dá o nome a principal lei do autismo no país, motiva milhares de outros pais pelo país.

Conheci pessoalmente alguns desses exemplos. Cito dois: APTAA em Arapiraca-AL e APADEM em Volta Redonda-RJ, entidades que fazem um belo trabalho e pela união, conseguiram construir realidades diferenciadas para as pessoas com TEA no Brasil.

Um outro exemplo vem do sul: A Rede Gaúcha Pró-Autismo (RGPA) é um movimento de associações que tem por objetivo compartilhar experiências no universo de ações e construções que envolvem acolhimento de pessoas com autismo e suas famílias, terapias, formação e capacitação através da disseminação do conhecimento, além de cumprimento e conquista de direitos em busca de qualidade de vida e inclusão social dessa parcela da população.

Atualmente formada por vinte e três entidades, conta com uma estrutura horizontal e circular, cujas representações reúnem-se regularmente. A trajetória da RGPA começa em outubro de 2011, com a identificação de necessidades comuns na luta pelos direitos das pessoas com autismo, no 2º Encontro de Familiares realizado em Bento Gonçalves, RS. A RGPA apoiou, mediante ações concretas, o surgimento de leis federais, como a Lei nº 12.764/2012, que institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, conhecida como Lei Berenice Piana, e a Lei nº 13.146/2015, que institui a Lei Brasileira de Inclusão – Estatuto da Pessoa com Deficiência e tem participado de audiências públicas e dialogado com o Poder Público nos âmbitos municipais e estadual.

 

Juntas, uma associação ajuda a outra na luta por melhorias para a pessoa com TEA. Se um projeto de lei estiver sendo votado em algum dos municípios representados, lá vai a RGPA unir forças e participar ativamente das sessões, solicitando e cobrando apoio dos políticos locais. Uma força e tanto!

 

Entidades que formam a RGPA:
 Associação Aquarela Pró-Autista – Erechim
 Associação de Familiares e Amigos dos Autistas de Cachoeira do Sul
 Associação de Pais e Amigos do Autista de Caxias do Sul
 Associação de Pais e Amigos do Autista de Cruz Alta
 Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha
 Associação de Pais e Amigos do Autista de Santana do Livramento Todo Autista é Único
 Associação de Pais e Amigos do Autista do Vale do Sinos – São Leopoldo
 Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Cachoeirinha Pais e Amor
 Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Gravataí – Novo Horizonte
 Associação dos Amigos da Criança Autista de Passo Fundo
 Associação dos Pais e Amigos dos Autistas de Rio Grande
 Associação Mandala Pró-Autismo – Candelária
 Associação Mantenedora Pandorga – São Leopoldo
 Associação Pequenos Notáveis – Taquari
 Associação Pró-Autistas Conquistar – Bento Gonçalves
 Esperança Azul Associação Pró-Autismo de Venâncio Aires
 Grupo de Apoio e Orientação às Famílias Autistas de Alvorada
 Inspirar Autismo – Carazinho
 Instituto Autismo & Vida – Porto Alegre
 Luz Azul Associação Pró-Autismo de Santa Cruz do Sul
 Quirón Associação de Pais e Amigos da Pessoa com Autismo ou Deficiência Intelectual de
Santa Maria e Região
 TEAmigos Frederico Westphalen
 TEAmigos Palmeira das Missões

 

Fica a dica para outros estados!

 

Quer entrar em contato? rgpautismo@gmail.com

Últimas publicaçõesBlog